domingo, 30 de outubro de 2011

Flores que inspiram (3) - Lisiantus!

Lisianthus, lisiantus ou lisianto são alguns dos nomes populares da espécie Eustoma grandiflorum. É uma planta muito utilizada na ornamentação de festas, principalmente casamentos, devido a suas lindas e delicadas flores. Em termos de significado está associado à ideia de sofisticação.

As flores são resistentes e o melhor período para encontrá-las são os meses quentes, então é uma ótima opção para quem está planejando um casamento no verão. Seu valor é bem acessível e geralmente varia em função do comprimento da haste (cabo curto, médio e longo), de forma que um maço destas flores pode custar de R$ 4,00 a R$ 20,00.

É uma flor bastante versátil, normalmente encontrada em tons de azul, violeta, rosa e branco. Pode ser usada sozinha ou fazendo composições com outras flores, vamos ver alguns exemplos?

A seguir um delicado arranjo de lisiantus e chuva-de-prata, perfeito para uma decoração de casamento com flores brancas.


Aqui os lisiantus aparecem na cor rosa, compondo um belíssimo arranjo com rosas em tom chá e astromélias amarelas.


Reparem nesta decoração de cerimônia simples e delicada, perfeita para um casamento durante o dia... vasinhos suspensos com lisiantus brancos deixam o ambiente romântico e elegante, eu achei lindo!!!


Via: Maria Fernanda Veloso

Na decoração a seguir os lisiantus foram colocados dentro de tubinhos de ensaio e estes presos em galhos secos, o visual ficou incrível!

[CasamentoCarol-IGREJA1.jpg]
Via: Maria Fernanda Veloso

As noivas tradicionais que sonham com um buquê de flores brancas podem e devem apostar nos lisiantus, reparem na delicadeza deste buquê: 


O próximo buquê foi todo confeccionado com lisiantus rosas, muito romântico!


O próximo buquê é para as noivas mais ousadas, reparem que foram utilizados lisiantus em 2 tons de violeta, um mais claro e um bem escuro, mais puxado para o azul.

lisianthus 9
Via: Just Flower

E aí, alguma de vocês vai apostar nestas flores para a decoração de casamento?!! 

Beijinhos e até o próximo post!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Ideias para o bolo de casamento

Olá meninas, vocês já escolheram o bolo do casamento?! Não?! Então hoje vou postar alguns modelos bem bacanas para vocês se inspirarem!!!

Vou começar falando do meu bolo de casamento... eu faço mais a linha romântica e escolhi um modelo de 3 andares todo branco com poás, laços e rosas. A ideia eu tirei de uma foto que vi na internet e o buffet fez algumas adaptações. Eu achei que ficou lindo, e o melhor de tudo, estava simplesmente delicioso!!!




Agora mais algumas inspirações para vocês...

Esse bolo aqui é uma graça! Um clássico de 3 andares com flores naturais em tons de rosa, lilás e branco, de uma delicadeza só!

Image #366054

O próximo é mais classudo, 5 andares de pura elegância!

Image #365235

Para as noivinhas mais românticas que tal um modelo todo rendado arrematado por uma linda rosa branca no topo?! Lindo!!!


Esse aqui é um luxo! Cheio de detalhes...


Mais uma ideia romântica... flores em tons de rosa e branco formam uma delicada cascata dando um ar gracioso a este lindo bolo de 5 andares.


E aí, gostaram de algum desses?!

Beijinhos e até o próximo post!

sábado, 22 de outubro de 2011

Quiche de Frango com Palmito

Sabe quando você quer comer uma coisa diferente só para quebrar a rotina?! Nessas horas nem sempre a despensa está cheia de ingredientes e aí bate uma preguicinha de ir ao mercado mais próximo... o que vocês fazem?! Bom, essa semana eu juntei um monte de coisas que eu tinha em casa e fiz uma quiche! O maridão achou uma delícia, vamos ver se vocês também vão gostar! Essa receita foi feita mais ou menos de olho, rsrs, então vou tentar passar as medidas aproximadas, ok?!


QUICHE DE FRANGO COM PALMITO



Ingredientes:

Massa:
> 3 xícaras (chá) farinha de trigo
> 250g de margarina gelada (eu não usei tudo)
> Sal a gosto

Recheio:
> 1/2 peito de frango cozido e desfiado (aproximadamente 300g)
> 3 colheres (sopa) de azeite
> 1 cebola média picada
> 3 dentes de alho amassados
> 2 tomates (sem sementes) picados
> 2 colheres (sopa) de azeitonas picadas
> Salsinha e cebolinha picadas (a gosto)
> 1/2 lata de ervilhas em conserva
> 1/2 lata de milho em conserva
> 1 vidro de palmitos picados (o vidro tinha peso líquido de 350g e drenado de 150g)
> Sal a gosto

Cobertura:
> 6 ovos (claras e gemas separadas)
> 1 pote de requeijão
> Sal a gosto
> Queijo parmesão ralado para polvilhar


Preparo:

Massa:
Em uma vasilha coloque a farinha de trigo e o sal (eu usei só uma pitadinha porque a margarina já tem sal), vá acrescentando a margarina gelada aos poucos e misturando com as mãos até formar uma massa homogênea e lisa que desgrude das mãos (não cheguei a usar todo o pote de margarina). Embrulhe a massa em papel filme e leve à geladeira por 20 minutos.

Recheio:
Em uma panela aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho, acrescente os tomates e deixe cozinhar por 3 minutos. Acrescente as azeitonas, a salsinha e a cebolinha e misture bem, a seguir acrescente o frango desfiado, misture e deixe cozinhar por 5 minutos. Por fim acrescente o milho, as ervilhas e o palmito, misture e se necessário acrescente um pouco de sal. Coloque o recheio em uma travessa e leve à geladeira para esfriar.

Cobertura:
Bata as claras como se você fosse preparar uma omelete, a seguir acrescente as gemas uma a uma, misturando delicadamente e por último o requeijão. Misture bem até formar um creme homogêneo. Se necessário acrescente um pouco de sal.

Montagem:
Cubra o fundo e as laterais de um refratário (ou assadeira) com a massa. Acrescente o recheio e cubra com o creme de ovos. Polvilhe o queijo ralado e leve para assar em forno pré-aquecido a 200ºC até que a superfície esteja dourada.

O mais legal dessa receita é que você pode improvisar o recheio da maneira que preferir! Eu já testei uns cinco tipos de recheios diferentes mantendo sempre a mesma massa e cobertura e todas as quiches ficaram maravilhosas!!!

Beijinhos e Bon Appétit!!! 

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Para você suspirar e se inspirar! (4)

Quando vi essas fotos eu logo pensei: "Tenho que comentar sobre elas lá no blog!". Isso porque há alguns meses atrás eu era uma noiva desesperada com os detalhes da decoração do meu casamento, cheia de dilemas em relação às cores e flores que seriam usadas.

Vamos combinar... é muito difícil escolher esses itens! Existem tantas flores e tantas cores, então como escolher só algumas delas, principalmente quando o objetivo é decorar o dia que ficará marcado para sempre nas nossas vidas?!

Foi por isso que quando vi esse casamento eu fiquei muito animada para postar aqui... a decoração abusou de muitas cores e flores diferentes, algo que a princípio eu nem teria imaginado! Por trás desse projeto existe uma pessoa com uma sensibilidade incrível para coordenar tantos padrões diferentes, é claro que eu estou falando da Carolina Souza Lima (de quem eu sou super fã!!!). Nas fotos a seguir observem a sutileza dos detalhes e como ela conseguiu combinar com perfeição coisas que normalmente não seriam combinadas. Suspirem com as belíssimas fotos são da Priscilla Hossaka.

Reparem nos arranjos da mesa de doces... foram usadas taças altas e baixas contendo delicados buquês coloridos de rosas, bocas-de-leão, lisiantos, lírios, astromélias e chuva-de-prata. Os arranjos são simples e é justamente essa simplicidade individual de cada um deles que confere leveza ao conjunto. Luminárias constituídas por vasinhos de vidro coloridas com velas dentro dão charme e descontração!!! Lindo!!!



Cestinhas cheias de flores coloridas foram penduradas no teto. Rosas de diferentes cores foram combinadas com astromélias e flores do campo como áster (essa margaridinha roxinha), tango e margaridinhas bolinhas nas cores verde e amarelo.



Que tal esse arranjo de tango, rosas e astromélias?! E as velas dentro de vasinhos coloridos... tão delicado!



Amei a próxima ideia... na cerimônia a passadeira foi ladeada por cestas com muitas flores coloridas!!! De todos os tipos, mostrando de uma vez por todas que as flores do campo podem e devem ser combinadas com as outras flores chamadas de "flores nobres"!



Quem quer economizar com as flores na decoração, mas ainda assim deseja ter um casamento muito florido deve apostar nesta mistura, principalmente se o casamento for durante o dia, pois as flores do campo são bem mais baratas e possuem uma gama enorme de cores, formatos e texturas, o que permite compor arranjos volumosos sem gastar muito, já que você pode optar por usar uma quantidade menor das flores mais caras!!!

Infelizmente na época do meu casamento eu não tinha condições de pagar pelos serviços da Carolina Souza Lima, mas nem por isso deixei de me inspirar nas ideias dela (e continuo me inspirando até hoje!) então fica aqui a dica para vocês noivinhas... inspirem-se também nestas ideias e mãos à obra!!!

Beijinhos e até o próximo post!!!

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A lua-de-mel - Parte 3: Festa da Colônia

Continuando o relato sobre nossa viagem de lua-de-mel...

No primeiro post sobre nossa lua-de-mel eu falei que a cidade de Gramado estava toda enfeitada com as cores das bandeiras da Itália e da Alemanha para celebrar a Festa da Colônia, um festival tradicional onde a cidade homenageia suas origens. São 18 dias de festa com desfiles de carros típicos ornamentados com objetos utilizados no dia-a-dia do campo, apresentações de bandinhas e grupos de dança, exposição de produtos artesanais e a degustação de uma farta gastronomia típica da culinária alemã e italiana. É lógico que nós demos o ar da graça por lá né!rsrs

Fomos à Festa da Colônia 3 vezes!!! Fomos 2 vezes para almoçar, o esquema funcionava da seguinte maneira: Existiam 4 opções de "restaurantes", que na verdade eram espaços que ficavam lado a lado e simbolizavam 4 linhas (ou colônias) diferentes, 2 alemães e 2 italianas. Ao chegar nós consultamos os cardápios de todas elas e escolhemos aquele que mais nos agradou, depois era só ir até o guichê e pagar RS 17,00 por pessoa para termos direito a um almoço MARAVILHOSO com direito à entrada, prato principal (pratos!!!) e sobremesa! E detalhe, a gente podia repetir o que quisesse sem pagar nada a mais por isso...hihihi

No primeiro dia escolhemos uma colônia alemã, o marido amou!



No segundo dia fomos à noite! Aí o esquema era outro, muita música, muita dança, muita gente, e não tinha jantar, mas um monte de guloseimas típicas da região, eu vou destacar aqui o bolinho de aipim da colônia e o bolinho de batata (PERFEITOS!). Todos os petiscos foram muito bem acompanhados por um bom vinho colonial!


E no terceiro dia eu tive que honrar minhas origens italianas... ah o almoço da colônia italiana foi de longe o meu preferido, porque além de ser comida italiana (o que por si só já basta para me fazer muito feliz) era também comida da roça! Comida da minha  avó!!! Gostinho de infância para mim...


E além de tudo o que eu já mencionei, tinham ainda os produtos da colônia sendo vendidos em barraquinhas, como geléias, doces, compotas, frios, grãos, vinhos, artesanatos e por aí vai... além de pães, cucas e bolos caseiros feitos na hora em fornos a lenha enormes!!! Delícia!!!

Então fica aqui a dica, se você estiver pensando em visitar Gramado no mês de março, não deixe de visitar a Festa da Colônia, é imperdível!!!

Beijinhos e até o próximo post!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Flores que inspiram (2) - Copos de leite!

O copo-de-leite é uma das flores preferidas das noivas que optam por uma decoração mais "clean" com flores brancas, isso acontece porque são flores elegantes que conferem um ar sofisticado à decoração.

Copo-de-leite é o nome popular da espécie Zantedeschia aethiopica. São flores firmes e muito resistentes. Apesar de serem tradicionalmente encontradas na cor branca, o cruzamento com outras espécies de Zantedeschia, têm permitido a obtenção de copos-de-leite em outras cores, como o amarelo, o vermelho, o rosa, o laranja e o roxo.

Não é uma das flores mais baratas, e o preço costuma variar em função da época do ano e do comprimento da haste (cabo curto, médio ou longo). O valor da dúzia pode variar de R$ 5,00 a R$ 20,00 e a melhor época para encontrar estas flores é entre os meses de agosto a dezembro.

Se você não abre mão do copo-de-leite na sua decoração, mas acha que o preço não cabe no seu orçamento, aqui vai uma dica para você... como o copo-de-leite é uma flor grande e volumosa, não há a necessidade de usar muitas flores para compor os arranjos, isso vai ajudar a não pesar tanto no orçamento. Vamos ver alguns exemplos?

Olha que charme a decoração desse mini-wedding... super romântica e delicada!



Aqui os copos-de-leite são usados para compor uma decoração com um ar mais sofisticado, com iluminação âmbar e mesas de vidro com base espelhada, que tal?!



Nessa decoração o rústico (amo móveis em madeira!) e o clássico se unem para formar uma belíssima composição!



Mas o copo-de-leite não fica só na decoração não... olha ele aqui no buquê da noiva!




Na decoração da igreja...

Via: Decorart

Compondo arranjos simples e delicados, perfeitos para centros de mesa!





Gostou deste último arranjo?! Quer aprender o passo-a-passo e ainda conseguir mais algumas dicas de como decorar seu casamento com copos-de-leite gastando pouco? Então dê uma olhadinha neste link do blog Planejando meu Casamento.


Beijinhos e até o próximo post!

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Receitas - Peito de Frango com Creme de Cebola e Mandioquinha

Eu amo peito de frango! Muita gente come porque é saudável, mas eu realmente gosto muito... só que às vezes a gente acaba comendo sempre da mesma forma e perde um pouco da graça. Pensando nisso eu trouxe uma ideia simples, gostosa e levinha para incrementar aquele peito de frango nosso de cada dia... vamos lá?!


PEITO DE FRANGO COM CREME DE CEBOLA E MANDIOQUINHA




Ingredientes:

> 1kg de filé de peito de frango
> Suco de 1 limão
> 2 colheres de sopa de azeite
> 500g de mandioquinha (batata baroa)
> 4 dentes de alho amassados
> 1 cubo de caldo de galinha
> 1 pacote de sopa de cebola
> 2 colheres de sopa (bem cheias!!!) de maionese light
> 2 xícaras e meia de água
> Sal a gosto
> Ervas frescas de sua preferência (eu usei alecrim, manjericão, salsa e cebolinha). Este item é opcional, eu recomendo porque o aroma do prato fica delicioso, mas quem não gostar não precisa usar!

Preparo:

Limpe os filés de frango e tempere com o suco de 1 limão e duas colheres de sopa de azeite. Descasque as mandioquinhas e corte em rodelas largas. Unte o fundo de um refratário com azeite e espalhe as rodelas de mandioquinha, tempere com uma pitada de sal e reserve.

Em uma vasilha mistura a sopa de cebola com o alho e o caldo de galinha, acrescente a maionese e misture bem até formar uma pasta. Passe os filés de frango 1 por 1 nessa pasta e acondicione-os sobre as rodelas de mandioquinha. Amarre as ervas como se você fosse formar um buquê e coloque-as no centro do refratário. Acrescente a água e cubra o refratário com papel alumínio. Leve ao forno médio pré-aquecido por 30 minutos, retire o papel alumínio e mantenha o refratário no forno até que a superfície do frango esteja dourada. Sirva com arroz branco.

Dicas para você! Eu usei apenas um raminho de cada erva para que o sabor não ficasse muito forte e amarrei o buquê com uma folha de cebolinha que eu murchei na água quente, mas se você preferir pode usar um barbante. Se depois dos 30 minutos no forno com papel alumínio você achar que o frango já está bem cozido, aumente um pouquinho a temperatura para dourar mais rápido.

Bon Appétit!!!



segunda-feira, 10 de outubro de 2011

A lua-de-mel - Parte 2: Tour pela cidade de Gramado

Hoje faremos um tour virtual pela cidade de Gramado! Vou mostrar para vocês algumas das fotos que tiramos durante os dias em que estivemos lá!

Gramado é realmente uma cidade incrível! Basta uma simples caminhada para se apaixonar. A foto a seguir parece ter sido tirada em um jardim, mas na verdade foi em uma esquina próxima ao hotel onde estávamos hospedados, lindo, não é?!


Um passeio super romântico e recomendadíssimo é andar de pedalinho no Lago Negro... o visual do lugar é incrível, e o passeio pelo lago é uma delícia!!!



Se depois do passeio bater aquela fominha esperta não se preocupem, nos arredores do lago existem várias opções de lanchonetes e restaurantes, e se você quiser comprar um presentinho para levar de recordação, lojinhas de artesanato não faltam por lá!

Gramado é também uma cidade muito lúdica, parece realmente um ambiente de contos de fadas! Por isso não posso deixar de recomendar a vocês um passeio pelo Mini Mundo, um lugar mágico! O parque apresenta atrações turísticas mundiais em miniatura. São réplicas de construções reais em escala 24 vezes menor que as originais! Para vocês terem uma ideia é tudo tão bem feito que o cenário parece ganhar vida, devido aos sons e aos movimentos provenientes das miniaturas. O Mini Mundo é parte do complexo do Hotel Rita Höppner, então a entrada é gratuita para os hóspedes do hotel, mas é aberto ao público em geral mediante pagamento de entrada.




A distância entre a cidade de Gramado e sua vizinha Canela é de aproximadamente 7 Km e ao longo do caminho existe uma grande variedade de museus, nós fomos em alguns bem legais, como por exemplo, o museu de cera, que possui réplicas em tamanho real de personalidades do mundo da música, esporte, cinema e política, além de personagens de filmes, vale a pena conferir.


No subsolo do museu de cera existe um outro museu, dessa vez voltado para os fãs de motocicletas: O museu Harley Davidson! Lá é possível encontrar diversos modelos da moto mais famosa do mundo, contando um pouquinho da sua história, desde seu surgimento até os dias atuais. Bem bacana!


O museu que nós mais gostamos foi o Museu Medieval-Castelo Saint George! Imaginem vocês uma pessoa muito, mais muito apaixonada mesmo pela história medieval... ok, agora imaginem que essa pessoa decide estudar e se especializar em heráltica (arte de formar e descrever o brasão de armas) e se torna um grande colecionador de artigos medievais... agora imaginem que essa pessoa tem um grande sonho, construir um castelo medieval para guardar sua coleção e servir de museu... pois é, essa pessoa existe, e o museu também!!!



Uma coisa bem legal desse museu é que você pode consultar as origens da sua família através dos sobrenomes e descobrir se sua família possui ou não um brasão. Se você encontrar o brasão pode encomendá-lo ao dono do museu. Caso sua família não possua um brasão não fique triste, você pode pedir para o dono do museu criar um! Legal né?!

Se você quiser fazer uma caminhada pelo centro da cidade de Gramado, definitivamente não vai se arrepender, a cidade é linda e super convidativa para um passeio. As muitas chocolaterias e casas de chá ficam de portas abertas esperando os clientes no fim de tarde para degustar as delícias da Serra Gaúcha! Sem contar no belíssimo cenário, o passeio já vale a pena só por isso!

Na época em que estivemos lá a cidade se preparava para receber o outono e os plátanos canadenses (árvore símbolo do Canadá) ladeavam as margens das ruas com suas folhas amareladas prontas para cair, um espetáculo de tão bonito! Além disso estávamos às vésperas da Páscoa, e como eu já mencionei antes, Gramado é uma cidade muito lúdica e por isso as vitrines das lojas eram um show à parte com seus muitos coelhinhos fofinhos e orelhudos e ovinhos de todas as cores!!!




Gente!!! Não posso esquecer de falar da rua coberta! É uma coisa linda!!! Imaginem uma rua totalmente coberta, cheia de flores, lojinhas e restaurantes, e para ficar mais chique ainda, rsrs, localizada bem no coração da cidade, em frente ao Palácio dos Festivais, onde é realizado anualmente o Festival de Cinema de Gramado, e por onde passa o tapete vermelho do festival, um luxo!!!rsrs


Ai gente... escrever este post me deu uma saudade!!! Espero poder voltar a Gramado em breve! Mas ainda não acabou, teremos mais posts sobre a viagem!

Beijinhos e até lá!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

A lua-de-mel - Parte 1: Chegada a Gramado e Hotel Rita Höppner

Vou começar a contar para vocês sobre nossa lua-de-mel em Gramado-RS, e dar algumas dicas da cidade, caso alguém deseje visitá-la.

Para começar preciso dizer que essa viagem incrível foi presente dos meus sogros e definitivamente eu só tenho a agradecer a eles por este presente maravilhoso.

Gramado definitivamente é uma cidade perfeita para se passar a lua-de-mel. É incrível como toda a cidade inspira o romance. O clima da Serra é delicioso e no inverno o frio é super convidativo para o casal que quer ficar bem aconchegado, perto de uma lareira, tomando um bom vinho.

A arquitetura colonial da cidade tem traços marcantes da cultura alemã. A culinária da região inclui pratos tipicamente alemães, além da deliciosa cozinha italiana, do tradicional churrasco gaúcho e dos fondues. Tudo regado a vinhos simplesmente maravilhosos!!! Não posso esquecer do chocolate, afinal de contas essa é a marca registrada da Serra Gaúcha. As fábricas de chocolate artesanal espalham-se ao longo de toda a cidade e fazem a alegria dos chocólatras de plantão!

Saímos do Rio de Janeiro em um vôo que partiu do Galeão em direção a Porto Alegre. Para chegar até Gramado nós alugamos um carro em uma locadora de veículos e um motorista da empresa nos levou até lá,(são mais ou menos 2 horas de viagem de Porto Alegre a Gramado). Optamos por alugar o carro para facilitar o nosso deslocamento pela cidade e porque queríamos visitar as cidades vizinhas durante nossa estadia, mas lá em Gramado descobrimos que muitos hotéis oferecem serviço de transporte gratuito para o centro da cidade e para Canela (cidade vizinha), e também oferecem o transporte entre a cidade e o aeroporto de Porto Alegre.

Já na subida da Serra tivemos a sensação de estar chegando a um lugar totalmente diferente de tudo o que conhecíamos. A vegetação mudava e junto com ela o clima, o ar era tão puro e fresco, que servia como bálsamo para os pulmões.

O motorista nos conduziu até a locadora de veículos para assinarmos o contrato e de lá seguimos com o carro em direção ao hotel para fazer o "check in". Era uma belíssima manhã de domingo, com um céu claro, sem nuvens e uma temperatura super agradável e no nosso primeiro passeio pelas ruas da cidade já tivemos uma grata surpresa... uma fanfarra alemã cruzava a cidade que estava toda decorada com bandeiras e guirlandas coloridas revelando que era época da Festa da Colônia, um festival tradicional onde a cidade de Gramado homenageia suas origens. São 18 dias de festa com desfiles de carros típicos ornamentados com objetos utilizados no dia-a-dia do campo, apresentações de bandinhas e grupos de dança, exposição de produtos artesanais e a degustação de uma farta gastronomia típica da culinária alemã e italiana.


Faço questão de falar aqui sobre dois aspectos que logo nos chamaram a atenção assim que chegamos à cidade e que só se fortaleceram com o passar dos dias: o primeiro deles é que a cidade é incrivelmente limpa, durante os cinco dias em que fiquei lá eu não vi um papel de bala jogado no chão! O segundo aspecto é o fato de que as pessoas são muito educadas. Para vocês terem uma ideia nós não vimos um semáforo sequer no centro de Gramado e não havia bagunça no trânsito porque todo mundo se respeita muito!

Ficamos hospedado no Hotel Rita Höppner, que é simplesmente MA-RA-VI-LHO-SO! Sério gente, só indo até lá para entender o que é este lugar! O hotel chama a atenção pela conforto e requinte, com opções de apartamentos e chalés em estilo bávaro, cuja atmosfera transporta os hóspedes para um clima verdadeiramente europeu, nós ficamos em um dos 14 chalés oferecidos pelo hotel. Uma curiosidade sobre os chalés é que todos eles recebem nomes de personagens de contos de fadas, o nosso por exemplo, era o chalé Maria (da história de João e Maria!!!) e eles ficam em meio a jardins lindíssimos (acho que lindíssimos não é suficiente para descrevê-los), criando toda uma atmosfera realmente mágica, perfeito para uma lua-de-mel. Nosso chalé era composto por quarto com ar condicionado, frigobar, telefone, tv 21" com SKY e DVD, sala, banheiro com secador de cabelos e uma piscina térmica privativa, com calefação em todos os ambientes e capacidade para até 4 pessoas, por contar com 2 camas de solteiro reversíveis.

Vamos dar uma olhadinha nas fotos? Vou começar mostrando a fachada do hotel, com o restaurante no primeiro nível:


A seguir a área comum do hotel, que fica junto à recepção, do outro lado da rua (isso mesmo!rs) no mesmo espaço em que ficam os chalés:


Agora a entrada do nosso chalé, com uma varandinha muito fofa...


Vamos espiar dentro do chalé... logo que entramos uma mesinha com frutas e espumante nos aguardava... cortesia do hotel para os casais em lua-de-mel...


Que tal o banheiro e a piscina privativa?! Que mordomia hein, rsrs.


Agora vou mostrar fotos de alguns dos muitos jardins que cercam os chalés... eu fiquei especialmente encantada com uma quaresmeira super florida que ficava próximo ao nosso chalé e fiz questão de tirar várias fotos lá...




Ai gente, e o que falar da comida do hotel?! Uma delícia... no nosso pacote estavam inclusos o café da manhã e o chá da tarde, ambos repletos de gostosuras, uma fartura só! E tudo tão gostoso... só de lembrar fico com água na boca...


Todos os dias a gente tinha uma torre de delícias no chá da tarde, igualzinha a essa aqui ó:


Nem preciso falar para vocês o quanto nós comemos nessa viagem né?!rsrs

Dou nota 10 para o Hotel Rita Höppner e recomendo a vocês! Além de tudo o que eu já falei aqui, preciso elogiar também a equipe do hotel, todos os funcionários foram muito atenciosos e educados! Serviço excelente!

No próximo post tem mais Gramado, vamos fazer um tour pela cidade!!!

Beijinhos e até lá!