quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Flores que inspiram (4) - Hortênsias!

Desde minha viagem de lua-de-mel para a Serra Gaúcha em março deste ano venho desenvolvendo uma paixão pelas hortênsias! Fiquei fascinada pela beleza e delicadeza destas flores que já vêm em formato de buquê (quer coisa mais linda que isso!rsrs), e a cada dia tenho visto mais e mais exemplos de como utilizá-las em decorações de casamento.

Hortênsia ou hidrângea são alguns dos nomes populares da espécie Hydrangea macrophylla. Esta planta é um arbusto que produz inflorescências em forma de buquê, formadas por muitas flores. Suas cores variam  entre azul, lilás, rosa, vermelho e branco, de acordo com a variedade e o pH do solo. Solos mais ácidos produzem flores com tons de azul e solos mais alcalinos produzem flores com tons de rosa. São plantas de sol pleno e crescem em regiões de altitude e clima mais ameno, com florescimento intenso na primavera e no verão. Fonte: Jardineiro.net

Cada vez mais as hortênsias têm conquistado espaço importante na decoração de casamentos, infelizmente não são facilmente encontradas em qualquer época do ano e por isso seu preço pode variar bastante e uma decoração com hortênsias pode sair cara. A boa notícia é que por apresentar inflorescências volumosas, não é preciso muito para um arranjo bonito. As noivinhas que moram em regiões serranas têm acesso mais fácil a estas lindas flores!

Vamos ver alguns exemplos de como usá-las em arranjos e buquês de noiva?

Como eu disse anteriormente, não é preciso muito para conseguir um lindo arranjo usando hortênsias:


Que tal esta ideia: Usar vidrinhos de conserva tingidos de azul claro e hortênsias brancas?


Que tal uma composição com hortênsias e rosas em três mini-arranjos?! Lindo!!!


Este centro de mesa utilizou um arranjo de galhos secos adornado por um buquê de hortênsias azuis.


O balde rústico de madeira faz um contraste interessante com as delicadas hortênsias de cor lilás, criando uma composição romântica e divertida.


Quer um centro de mesa mais volumoso e elegante? Eis aqui a sugestão:


As hortênsias também ganham papel de destaque na decoração da cerimônia. Aqui elas surgem em pequenos buquês amarrados nas cadeiras que formam o corredor por onde a noiva caminhará.



Esta noiva se aproveitou do fato de que as hortênsias já vêm em formato de buquê! Simples assim: Para um buquê deste tipo você precisará de 6 ramos de hortênsia de tamanho regular ou 3 ramos extra grandes. Junte os ramos dando um formato arredondado ao conjunto de flores, a seguir use fita verde de florista para manter as hastes juntas. Envolva as hastes com fita dupla-face e a seguir arremate com fita de cetim na cor de sua preferência pressionando bem contra a fita dupla-face para ficar bem firme. No final prenda a ponta da fita usando alfinetes.


Aqui as hortênsias surgem nas cores branca e verde (sim, existem hortênsias verdes!), combinadas com lindas peônias!

hydray1 Handsome Hydrangeas

Neste buquê as mini-hortênsias verdes ajudam a criar o contraste entre os diferentes tons de rosas das orquídeas e rosas.

Via: Brides.com

Este buquê é perfeito para as noivas mais românticas!

Romantic Pink Rose and Hydrangea Bouquet

Que tal este clássico buquê de hortênsias brancas?


Estas foram apenas algumas das muitas possibilidades para incluir estas flores tão lindas no casamento! Agora é usar a criatividade e aproveitar a versatilidade das hortênsias para caprichar na decoração!

Beijinhos e até o próximo post!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Meu casamento - Parte 8: O buquê!

Desde pequena eu sonhava com um buquê de rosas vermelhas no meu casamento... eu me imaginava toda vestida de branco com aquele buquê bem lindão nas mãos e suspirava com a ideia... o tempo passou, eu cresci, conheci o Estevão, começamos a namorar, a falar de casamento e o buquê de rosas vermelhas ainda era uma ideia fixa até que...

Alguns meses antes do meu casamento estive em Petrópolis procurando meu vestido de noiva e passei por uma galeria onde vi uma floricultura onde estavam expostas as rosas mais lindas que eu já tinha visto na vida, na verdade eram simplesmente rosas, que só por isso já são minhas flores preferidas, mas eu nunca tinha visto rosas naquela cor e de repente meu sonho de usar um buquê com rosas vermelhas foi por água abaixo, por que naquele instante eu queria, eu sonhei e desejei um buquê com aquelas rosas tão lindas e delicadas.

As rosas tinham um tom coral, porém mais puxado para o cor-de-rosa e eram tão delicadas e perfumadas... não resisti, comprei uma para mostrar ao florista qual seria a flor do meu buquê. Gostei tanto delas que acabei inserindo algumas na decoração do meu casamento também.

A ideia original era que o meu buquê fosse composto somente por rosas, seriam quase 60 rosas só no buquê, mas o florista percebeu o quanto eu amava chuva de prata, pois fiquei falando nelas durante a maioria das reuniões, rsrs, e ele fez uma surpresinha acrescentando alguns ramos de chuva de prata ao buquê, o que o deixou com um ar ainda mais romântico e suave, com a minha cara!!!







No final das contas o que a gente percebe é que independente das flores escolhidas o mais importante é que o buquê combine com a noiva, que reflita sua personalidade, pois o buquê é para ela e para ninguém mais! Então noivinhas pensem nisso na hora de escolherem o buquê e tenho a certeza de que ela ficará perfeito!

Beijinhos e até o próximo post!

sábado, 17 de dezembro de 2011

Meu casamento - Parte7: A saga do topo de bolo...

Hoje vou contar para vocês a história de como consegui meu topo de bolo... o post é grande, pois não deixei passar nenhum detalhe, mas se vocês lerem até o final tenho certeza de que não vão se arrepender, principalmente quem gosta e acredita em finais felizes!!!

Quem já leu minhas primeiras postagens sabe que quando comecei a organizar meu casamento meu noivo e eu estávamos com a grana contada e que por isso optamos por focar os gastos naquilo que julgássemos muito necessário e cortar os excessos ou coisas dispensáveis... mas quem me conhece sabe que eu sou romântica, sonhadora e sempre quis um casamento tradicional com tudo a que se tem direito, só que o "tudo a que se tem direito" pode sair bem caro.

Faltando pouco menos de dois meses para o casamento eu me dei conta que não tinha pensado muito a respeito do topo de bolo, primeiro porque eu tive que planejar e executar um casamento em 5 meses, então tinha muita coisa na cabeça, segundo porque eu não tinha ideia de quão difícil seria esta etapa. Minha primeira ideia era não usar noivinhos como topo de bolo, mas um arranjo bem bonito de flores naturais, só que o tempo foi passando e a cada dia surgiam modelos de noivinhos tão irresistíveis que eu não consegui evitar. Falei para o meu noivo que eu queria os tais noivinhos e ele foi bem sério quando disse que não iria pagar por eles, pois achava que seria um gasto desnecessário. Qual seria a solução?! -Eu teria que bancar... só não tinha ideia do quanto esse tipo de produto era caro.

Foram semanas de choramingação, muitas reflexões a respeito da importância dos noivinhos, por várias vezes eu fiquei convicta de que não valeria a pena gastar com eles e minutos depois eu estava choramingando de novo porque queria os noivinhos, rsrsrs. Buscas e mais buscas na internet, pedidos e mais pedidos de orçamento e tudo mega caro, e o tempo passando... procurei em lojas do SAARA aqui no Rio, em lojas especializadas em festa, mas não achava nada de que eu gostasse. 

Em um belo dia de pesquisas na internet vi um anúncio de um casal de noivinhos de biscuit fofíssimo no Mercado Livre e fiquei toda contente porque poderia pagar por eles. Entrei em contato com o vendedor e os noivinhos junto com o frete ficariam em R$ 60,00. Meu noivo ainda achou um absurdo, mas como eu iria pagar ele não falou nada. Como eu já tinha feito compras no Mercado Livre e sabia que alguns vendedores tinham excelente reputação não achei que haveria nenhum problema... o vendedor entrou em contato comigo por e-mail e pediu que eu descrevesse os detalhes que gostaria que os noivinhos tivessem, mandei até uma foto minha e do meu noivo para ficar mais claro. O vendedor se comprometeu de me enviar os noivinhos em um prazo máximo de 10 dias, mas que mandaria fotos dos noivinhos assim que eles ficassem prontos para ver se precisaria mexer em mais alguma coisa. Depositei metade do dinheiro e a metade seguinte seria depositada após a confecção dos mesmos.

Estava super ansiosa e confiante, pensando que seria menos um problema para resolver... dois dias depois recebi um e-mail com as fotos dos noivinhos e fiquei de boca aberta... na boa, meus sobrinhos de 10 anos teriam feito um trabalho melhor, estavam simplesmente horríveis, mal feitos, com péssimo acabamento, em nada (NADA MESMO!!!) se pareciam com os noivinhos que eu tinha visto no anúncio... sabem qual foi minha primeira reação depois de ver as fotos e é claro depois de ficar de boca aberta?! -Chorei!!! Chorei muito... liguei para o Estevão aos prantos e mandei as fotos para ele. A primeira reação dele depois de ver as fotos?! -Caiu em uma gargalhada compulsiva, riu até não aguentar mais, aliás não só ele, mas todas as outras pessoas que viram as fotos, porque os bonecos estavam simplesmente ridículos... imaginem então a cena... eu chorando, deprimida e todo mundo rindo, foi o fim da picada! Surtei depois disso!!!rsrsrs

Na mesma hora mandei um e-mail para o fornecedor e pedi explicações... recebi como resposta que o problema tinha sido o grande volume de encomendas e por isso, ele não "caprichou" o suficiente, combinamos que eu receberia o dinheiro de volta, desde que não fizesse uma avaliação negativa do vendedor... ok! Recebi meu dinheiro de volta, mas fiquei sem os noivinhos e faltavam 20 dias para o casamento! Alguns dias depois descobri que a tal foto do anúncio era de uma loja que fica no Sul do país, e que o vendedor tinha mentido dizendo que era dele... vê se pode?!

Depois de ligar para muitas pessoas e visitar muitos sites na internet eu estava cansada, não tinha mais esperanças... foi aí que me lembrei de uma lojinha perto da minha casa que vendia produtos para artesanato, fui até lá e perguntei se eles faziam os tais noivinhos, a dona da loja disse que infelizmente não, mas podia me recomendar uma pessoa, porém ela não era profissional, e sim uma aluna do curso de artesanato, mas era muito caprichosa e trabalhava muito bem. Liguei para a Ana no mesmíssimo dia e perguntei se poderia ver algum trabalho dela, mas ela não tinha mostruário, afinal não trabalhava com isso, pensei por 1 segundo e resolvi arriscar, afinal de contas só faltavam 15 dias, na pior das hipóteses eu já estava sem topo de bolo mesmo... combinamos de acertar o orçamento no final.

A semana seguinte seria carnaval, então deixei uma descrição com fotos na loja onde peguei o contato da Ana para que ela tivesse uma ideia melhor do que eu queria, e marcamos a entrega para depois do carnaval para que desse tempo de o biscuit secar completamente. Agora eu só podia esperar e torcer para dar certo...

Na quarta feira, faltando apenas 3 dias para o casamento, liguei para a Ana e ela disse que estava tudo certo e que deixaria os noivinhos no dia seguinte na mesma loja onde peguei o telefone dela. Perguntei em quanto tinha ficado e ela me respondeu que o material que ela tinha em casa não tinha sido suficiente para fazer os dois bonequinhos, então ela precisou comprar mais e por isso o valor tinha ficado um pouquinho mais alto do que ela tinha previsto... respirei fundo e perguntei logo: Quanto?! -Ela respondeu: R$ 17,00. Pensei: Ok, custou R$ 17,00 a mais que o previsto, não foi muito. Perguntei: Mas quanto foi tudo?!  -Ela respondeu: R$ 17,00 e ainda acrescentou, tá bom esse valor?!

Demorei uns segundos para processar aquilo, disse que estava ótimo, agradeci, encerrei a conversa e fiquei ali parada diante do telefone achando que eu ainda não tinha entendido... depois que eu acreditei no valor achei que teria outra decepção porque até então eu só tinha achado esse tipo de serviço com valores acima de R$ 100,00 e tinha tido uma grande decepção com um que custou R$ 60,00. No dia seguinte fui buscá-los e a dona da loja me recebeu com um sorriso enorme dizendo que eles tinham ficado uma graça! Fiquei um pouco surpresa e curiosa, deixei o dinheiro do pagamento e peguei o embrulho e quando abri, lágrimas de felicidade pareciam querer rolar dos meus olhos, meu coração acelerou e eu me apaixonei pelo que tinha nas minhas mãos. Não era o topo de bolo mais caro, nem o mais sofisticado, mas tocou meu coração de uma forma tão intensa... fiquei tão feliz que saí correndo para casa e nem me toquei que a Ana merecia muito mais do que aquele valor que eu paguei, me arrependo até hoje de não ter dado mais a ela, pois ela foi tão humilde, tão caprichosa, se preocupou com detalhes que eu nem tinha pedido e ela não faz ideia da felicidade que trouxe para mim.

Coisas que eu aprendi durante essa saga: 

1º: O mais importante não é o valor material, o valor emocional conta muito mais.

2º: As aparências enganam!!!

As fotos a seguir eu tirei assim que cheguei em casa com os noivinhos:



E estas foram tiradas no grande dia:



Eles não ficaram mesmo uma graça?!

Beijinhos e até o próximo post!!!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Para você suspirar e se inspirar! (6)

Hoje vamos ver lindas imagens de um casamento com um ar rústico... a cerimônia e a recepção foram realizados em um vinhedo e predominaram as famosas suculentas na decoração. É para suspirar e se inspirar!!!

Vamos começar pelo belíssimo buquê de callas usado pela noiva... essas flores são sofisticadas e as cores escolhidas pela noiva remetem ao tema rústico do casamento.

Image #411899

As alianças foram transportadas de forma original dentro de um "baldinho", adornado com musgos e uma linda suculenta. 

Image #411895

Uma plaquinha rústica de madeira com as iniciais dos noivos indicou o caminho para a cerimônia.

Image #411891

O altar foi ladeado por flores brancas e coberto com um tecido rústico.

Image #411880

A atmosfera rústica do local escolhido para a recepção foi destaque na decoração.

Image #411870

Luminárias de ferro com velas e vasinhos com suculentas foram utilizados como centros de mesa.

Image #411858

Raminhos de alecrim foram combinados com as suculentas e complementando o visual rústico foram utilizados guardanapos de tecido de cor terrosa amarrados com fibras e adornados com ramos de trigo.

Image #411853

Image #411827

Em caixotes, cestas ou baldinhos de madeira as suculentas estavam espalhadas por todo o lugar...

Image #411833

Image #411825

Image #411832

Vidrinhos suspensos com velas ajudaram a criar uma atmosfera especial.

Image #411838

Mas vamos ser honestas, com um cenário como este nem precisava de muito esforço não é mesmo?rsrs

Image #411823



Beijinhos e até o próximo post!!!

domingo, 11 de dezembro de 2011

Sugestão para os guardanapos!

Sabem aquela ideia super simples, mas que faz toda a diferença?!

Então dêem uma olhadinha nessa foto:


Entenderam o que eu quis dizer? Já vi várias ideias para porta-guardanapos, mas nunca tinha pensado nesta... de repente um simples guardanapo e um pedacinho de fita da mesma cor conseguem dar vida a um lindo laço, tenho certeza absoluta que os convidados irão amar esta ideia! E o melhor, vocês mesmas podem fazê-los!

Gostaram?!

Beijinhos e até o próximo post!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Centros de mesa com ervas aromáticas!

Que tal uma ideia para ajudar a reduzir o orçamento das flores? Principalmente se você for uma noivinha que deseja um toque bastante original no casamento!

A sugestão de hoje é utilizar ervas aromáticas para compor os centros de mesa... você pode utilizar manjericão, orégano, hortelã, tomilho, e o que mais a sua imaginação permitir! Além de agradarem pelo aroma, são ervas bonitas e delicadas, e juntas fazem uma bela composição para a mesa dos convidados.

Essas ervas são muuuito baratas e uma opção bem legal é comprar as mudinhas e plantá-las em vasinhos que além de funcionarem como centros de mesa poderão ser levados pelos convidados ao final da festa como lembrancinhas!

A ideia a seguir foi retirada do site Martha Stewart Weddings, os vasinhos foram envolvidos com uma "capa" de papel, onde foram impressas receitas nas quais essas ervas caem muito bem! Eu achei essa ideia de lembrancinha maravilhosa, super original!


Se você não abre mão das flores de jeito nenhum, mas quer economizar, uma boa opção é misturar as ervas e as flores nos arranjos, fica lindo!

 

E então, gostaram da ideia?

Beijinhos e até o próximo post!

domingo, 4 de dezembro de 2011

Centro de mesa com garrafas de vinho!

Depois de vários dias sem conseguir postar no blog por conta de muito trabalho, hoje eu trouxe uma ideia muito legal para as noivinhas que querem fazer seus próprios centros de mesa!

Que tal reaproveitar garrafas de vinho e criar arranjos florais simplesmente lindos como estes aqui:


Gostaram?! Então acompanhem o passo a passo:

Você vai precisar de:

> 5 garrafas de vinho
> 5 rolhas de vinho
> arame floral nº 18
> fita verde
> tesoura
> tesoura de poda


Instruções:

1. Mergulhe as garrafas em água quente e esfregue os rótulos para removê-los. Se eles não soltarem com facilidade utilize um removedor de adesivo para que eles saiam completamente.

2. Preencha as garrafas com água à temperatura ambiente (3/4 da capacidade da garrafa). Se preferir acrescente um pouco de conservante floral para que as flores resistam por mais tempo.

3. Escolha as flores de sua preferência. Utilize as flores em alturas, texturas e tamanhos variados para criar um visual mais interessante para o arranjo.

4. Corte as hastes das flores de forma enviesada utilizando a tesoura de poda ou uma faca, para garantir o máximo de hidratação para as flores quando estas forem introduzidas na água.


5. Corte as fita em pedaços de aproximadamente 1,20 m. Envolva a parte inferior de cada uma das garrafas tomando o ponto central da fita e enrolando-a ao redor da garrafa uma vez. Quando os dois lados da fita se encontrarem torça a fita e enrole novamente. Repita este processo até que toda a base da garrafa esteja envolvida. Faça um nó e apare o excesso de fita com auxílio de uma tesoura.





6. Faça um furo em cada rolha e encaixe o arame floral.




7. Coloque as flores dentro das garrafas e por último a rolha.



Vai ficar assim:


Fonte: Hostess

Vocês podem usar as garrafas individualmente ou agrupadas compondo um centro de mesa mais volumoso.

Espero que tenham gostado!!!

Beijinhos e até o próximo post!