sábado, 21 de janeiro de 2012

Como economizar com as flores no casamento?!

Antes de mais nada quero me desculpar por todos esses dias sem postar, culpa da internet...

Enfim, agora que estou de volta resolvi conversar um pouquinho com vocês sobre um item muito importante em qualquer decoração de casamento e que também costuma pesar bastante no orçamento, as flores! Como eu passei por isso a menos de 1 ano e foi bem dramático, rsrs, resolvi compartilhar algumas experiências com vocês e dar algumas dicas, coisas pelas quais eu passei e outras dicas bem bacanas que eu achei no Martha Stewart Weddings. Vamos começar?

1. Prefira as flores da estação

Isso é muito importante, de verdade mesmo. Além de ficarem mais bonitas, as flores custam bem menos quando compradas durante a estação apropriada de florescimento. Existem diversas listas na internet com a relação das flores mais facilmente encontradas em cada estação do ano, esta aqui eu tirei do Casamento Click:

Flores do verão (dezembro a março): rosas, flor-de-lis, gérbera, amarílis, bromélia, bico-de-papagaio, flores e folhagens tropicais, astromélias, orquídeas phaleanopsis (o modelo branco, que existe também na versão pink), lírios de todas as cores, callas, antúrios, cravos e cravíneas.

Flores do outono (março a junho): gérbera, hortência, flor-de-maio, azaléia, rabo-de-gato, margaridinha, begônia, bauinia, paineira, espatódea, jasmim do cabo, bico de papagaio, quaresmeira e buganvília. 

Flores do inverno (junho a setembro): lupino, lírio-da-Paz, orquídea, flor-de-sino, begônia, prímula, azulzinha, amor-perfeito.

Flores da primavera (setembro a dezembro): gérbera, violeta, narciso, petúnia, bromélia, lírios, lisiantus, boca-de-leão, crisântemo, entre outras.

Uma outra dica relacionada a isso é evitar marcar o casamento próximo a datas comemorativas como o Dia das Mães e o Dia dos Namorados, pois próximo a estas datas os preços das flores tendem a subir. No mês de maio, de um modo geral, todo casamento fica mais caro por ser o mês das noivas.

2. Guarde o melhor para você

Se você deseja muito ter um tipo específico de flor no seu casamento, mas seu orçamento não permite incluí-la na decoração, que tal usá-la no seu buquê?! Dessa forma é possível incorporar flores mais caras e/ou raras no dia do casamento, sem comprometer o orçamento, além disso é uma maneira de deixar seu buquê de noiva ainda mais especial.

3. Disfarce as flores mais baratas

Esta dica é bem interessante. É possível dar um ar mais elegante e sofisticado a flores mais baratas como cravos e crisântemos, pois quando estas flores são amarradas em grupos de 4 ou 5 elas ganham um aspecto parecido a peônias e dahlias.

4. Invista em folhagens

Se você gosta da exuberância da vegetação, use flores esparsas, e encha os arranjos com folhagens bonitas, que são baratas mas muito elegantes.

Eu lancei mão desse recurso na decoração do meu casamento, usei bastante murta nos arranjos da cerimônia, aluguei buchinhos e bambus para auxiliar na decoração, usei também um arranjo composto só por uma folhagem chamada imbira, super barata, mas muito imponente, e aproveitei o ambiente em que o casamento foi realizado por já contar naturalmente com muitas plantas, o que ajudou a complementar a decoração.

Observem as fotos a seguir:

Nos arranjos da cerimônia nós utilizamos bastante murta, além de rosas bem abertas e chuva-de-prata para deixa-lo volumoso.


As mesas do bolo e dos doces foram estrategicamente posicionadas de frente para o jardim, de forma a criar um efeito de continuidade entre os arranjos e a vegetação natural do local. Não usei arranjos muito volumosos, optei por vasos grandes com buquês de flores, lírios e astromélias, e na mesa do meio, atrás do bolo, um vaso alto com folhas de imbira, que é uma folhagem barata e cria um efeito de volume. Como eu amo decoração suspensa pedi que fossem pendurados no teto alguns vasinhos com chuva de prata e mini crisântemos. Completamos a decoração com alguns buchinhos e 2 bambus mossô, que foram alugados por R$ 8,00 e 12,00 cada, respectivamente.

    
Se quiser ver mais detalhes sobre a decoração do meu casamento e dos gastos com as flores é só clicar aqui.

5. Invista em pontos focais

Este é um truque muitas vezes utilizado pelos floristas. Coloque, por exemplo, um grande arranjo no bar e outro grande arranjo em uma mesa de localização central. Ao criar estes dois pontos que atraem a atenção é possível utilizar centros de mesa menores nos demais locais.

6. Recicle os buquês das madrinhas

Se você optou por madrinhas no estilo "bridesmaids" e elas vão usar buquês, que tal reaproveitá-los após a cerimônia como centros de mesa na recepção?! Peça ao florista para prepará-los no tamanho adequado.

Usem a criatividade para alternar entra elementos florais e não-florais na decoração, como velas, por exemplo. Nos centros de distribuição, como a CADEG no Rio e o CEAGESP em São Paulo é possível comprar grandes sacos com folhas e pétalas de flores, que saem por um excelente preço e podem ajudar a compor a decoração sendo espalhadas sobre as mesas do bolo, dos doces e até mesmo dos convidados, por que não?! 

Espero que estas dicas possam ajudá-las a economizar com as flores! 

Beijinhos e até o próximo post! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta aí gente!!!!rsrs

Se fizer alguma pergunta deixe seu e-mail por favor para que eu possa responder!

Obrigada!!!